Cursos

10/06/2008 - Já tem seu plantel! Há escolhido bem?

JÁ TEM SEU PLANTEL! HÁ ESCOLHIDO BEM?

Trabalho realizado em 1998 pelo saudoso criador Angel Orsi (Foi Juiz internacional e curtidor  de peles na Argentina)

      

Saiba já e não quando tenha seu local de criação cheio de animais, planifique o seu futuro.

 

Com o que você já tem aprenda e capacite-se, começa agora seu caminho para chegar a ser um bom produtor.

 

Adote o sistema adequado de manejo e cruzamento para chegar a produzir peles de qualidade. Obterá boas peles somente se tem bons animais; dê a dedicação necessária e paralelamente ira adquirindo experiência no manejo.

 

O TEMPO de cada um de nós tem um preço muito alto e é para isto que estou encaminhando estes conselhos.

 

Ao VALORIZAR seu tempo aumentará o rendimento produtivo de seu criatório.

 

Deve ter uma idéia cabal do mercado e para isso deve conectar-se com outros criadores, conhecer suas inquietudes, assimilar experiência e adotar um esquema próprio de trabalho.

 

Em principio há muito por fazer e um campo muito amplo de ação.  Necessitam-se muitos e melhores produtores para chegar a um volume de peles que nos permita enfrentar um mercado ávido de qualidade e quantidade.

 

Temos que começar por saber O QUE ESTAMOS PRODUZINDO!  Porem não é tão simples assim, já que ao mesmo tempo em que produzimos peles, cada animal tem suas características próprias.

 

Existem dois tipos de pêlos: Pêlo Real e Felpa.

 

O Pêlo Real ou Pêlo de Guarda, é um só por folículo, é grosso e brilhante.

 

A Felpa é muito mais fina, tem entre 60 e 80 fibras por folículo piloso.

 

O Pêlo Real prevalece nos animais carnívoros (visón) e a Felpa nos animais de regiões frias.

 

As peles mais preciosas são as dos roedores, peles finas.

 

Na Chinchila prevalece a Felpa, nela se observam zonas de cores diferentes, esta característica se denomina agouti e é  a que nos preocupa.  Enquanto que o Pêlo Real ou de guarda somente nos interessa que se note e se é possível que seja abundante.

 

Os fatores que se relacionam ao valor de uma pele fundamental-mente são PUREZA, DENSIDADE e TAMANHO sem descuidar as características secundárias, SEDOCIDADE, COBERTURA DE VÉU, ELASTICIDADE e COMPRIMENTO DO PÊLO.

 

O tamanho nos da uma pele de maior superfície, a densidade está dada pela maior quantidade de pêlos e uma boa aparência e, a pureza dará maior qualidade que junto com as características secun-darias determinará o valor final da pele.

 

Lógico que finalmente é necessário um bom manejo e posteriormente um bom curtido da mesma.

 

Uma boa pele sairá de um animal bem alimentado (dará uma pele resistente) e bem tratado (uma pele limpa, sem manchas e de boa apresentação),ambas são fundamentais na hora da venda.

 

Para chegar a uma boa pele, tudo começa no exato momento de desmamar os filhotes aos 50 dias, todos os esforços de mantê-los limpos, observar as gaiolas que estejam em perfeitas condições e limpas, penteá-los se é necessário e a posterior seleção para determinar os que ficam para reprodução e os que vão para pele.

 

Os cuidados nos apareamentos e na observação periódica da maturação são temas essenciais.

 

Para os apareamentos, é necessário ter pelo menos um conhecimento básico de genética e usar ao máximo o sentido comum, O MELHOR COM O MELHOR, e para apurar o aprendizado capacitar-se na avaliação para determinar os cruzamentos, sejam estes consangüíneos para fixar características, ou não-consangüíneos para diluir as características indesejáveis.

 

Para quem esta iniciando, aprofundar nestes temas é muito importante, fixe conceitos, observe e observe os animais, seu comportamento, estude, concorra a reuniões e exposições das diferentes associações ou grupos de criadores.

 

Durante este tempo nascerão os primeiros animais e você irá comprovando o fácil da criação, vendo seu paulatino crescimento e posterior terminação (maturação).

 

Poderá comprovar que estes novos animais estão antecipando no momento de nascer como serão ao chegar a adultos, a media que irão crescendo e piorando seu aspecto exterior, para logo no final voltar a se definir com todas suas características, sejam elas boas ou ruins.  Isto se deve a que os pêlos dos filhotes são ao mesmo tempo curtos e compridos e, durante o estágio de completo crescimento eles ficam com seu aspecto moteado ou lanoso em alguns casos, e até amarronzados em outros.

 

O crescimento do pêlo da Chinchila tem três estágios, a saber: anagem (pêlo de filhote), telogem (pêlo jovem, terminação, maduro) e catogem (troca parcial dos pêlos).

 

ANAGEM: É um folículo piloso implantado profundamente na pele com sua papila generatriz envolta em melanina (pigmentação).  Este período vai até os 4 meses de vida, neste mesmo momento o animal se vê uniforme, como se  estive-se maduro  e é o que se chama de Falsa Maduração.

 

TELOGEM: A partir daqui os animais mostram suas características e vão completando seu total crescimento até os 7-8 meses em que chegamos à primeira maturação.

 

Maturação é o total crescimento e afloração da cor para o pêlo, é nesse instante que veremos que a papila já não tem melanina ao redor, significa que a pigmentação já emigrou para o pêlo.  Neste momento dizemos que o animal está maduro.

 

Durante todo este processo vemos em principio uma dupla banda que aflora na base do pêlo de cor branca, esta ira crescendo até confundir-se com a verdadeira e coincide com a total migração da pigmentação.

 

Se soprarmos, observaremos no fundo do funil a pele de cor branca. Este estado ótimo dura 15 dias para logo entrar no estado de catogem, se produz um recambio  parcial de pêlos em todo o corpo e ao soprar veremos no fundo a pele de cor rosada.

 

Este ciclo se repetirá a intervalos de 3 a 4 meses, assim que podemos esperar em caso de o animal não estar bom outro período, no qual voltará a crescer novamente o, pêlo que faltou por diferentes motivos como clapas, fungos, sujeira, etc.

 

Há criadores que preferem esperar uma Segunda maturação para conseguir um melhor tamanho e menos erros no ponto de maturação.  Isto também implica em um maior custo de produção, cada um adotará a seu critério este ponto de vista.

 


Para voltar ao menú clique aqui

http://www.chinchilla.com.br/index.asp